A Língua do P

Certamente, não há ser humano que no seu momento mais songo-mongo não tenha praticado a lígua do P. Pé, papequepala peque pazfaz povopêcê pafalarpar putupodo pomcom po pêpê pananpestes. E tem mais: em Portugal é diferente; lá, o dialeto do P vigente é falado compom opo pêpê depedoispois. Pelepalgal, nepé?

Mas, definitivamente, eu nunca iria esperar isso do grandioso Google. Talvez até esperasse, mas não pude evitar as risadas. E ainda mais, vem com um pequeno defeito: ele só da suporte à “língua do P” inglesa. Segundo artigo na wikipedia, “esta consiste em colocar a primeira letra da palavra no final desta e acrescentar a partícula +ay”. Ou seja, nem adianta procurar em português.

Uma pena, se querem saber o que acho. Os laboratórios Google deveriam se envergonhar em dar falsas esperanças às criancinhas tupiniquins, inspiradas pelo Sítio do Pica-pau Amarelo papapara pafalarpar pesespasa pebepala pínlínpuagua.

Aliás, não sei o que me admira mais: uma referência Googleana a esse idioma conhecido por todos ou um artigo Wikipédico com teor e rigor científico.


One Comment on “A Língua do P”

  1. Peueu pete paapomo!!!!!pehepehepehepebepaumjaum!!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s